Hilgert Imóveis

Loteamentos, terrenos e imobiliária. Arroio do Meio/RS
51 3716.1471
Notícias

Selic mais alta? Invista em imóveis!

Se para você esse conselho parece contraditório, a gente veio te explicar como pode fazer mais sentido do que você imagina. Já havíamos falado sobre o assunto aqui e a previsão se confirma: o mercado deve continuar aquecido, principalmente pela necessidade dos brasileiros em “morar melhor”, sentimento despertado pela pandemia do Coronavírus.

Então, a hora de garantir seu imóvel é AGORA mesmo. Apesar do aumento de matérias-primas e da taxa Selic, que teve reajuste no último mês, passando de 5,25% para 6,25% ao ano, encarecendo o financiamento imobiliário, especialistas garantem que esse é o momento.

Pelo menos 98% dos brasileiros passaram a buscar casas com quintal em 2020, conforme pesquisa divulgada pelo portal Imovelweb (a gente te contou tudo aqui). Esse é o combustível do setor: a necessidade de buscar por espaços maiores e residências mais aconchegantes e deve durar, pelo menos, mais quatro anos.

O momento é ideal para comprar ou construir por meio de financiamento, já que são muitas as alternativas de garantir taxas mais baixas no valor total de juros. Quem puxou a fila dos aumentos nos juros foi o banco Santander, que subiu o juro do crédito imobiliário de 7,99% ao ano, mais variação da Taxa Referencial, para 8,99%, segundo a instituição. Na sequência, veio o Bradesco, que no dia 13 de setembro passou a ter taxas que variam entre 8,50% e 8,90% ao ano mais TR, dependendo do perfil do cliente. E, desde o dia 15 de setembro, o Itaú Unibanco começa a cobrar 8,30% ao ano mais variação da TR nos financiamentos tradicionais, ante os juros de 7,30% ao ano vigentes anteriormente.

Com possibilidade de MAIS alguns ajustes nas taxas de financiamento, a recomendação é buscar ainda NESTE ano as melhores condições de crédito para a realizar seu sonho da casa própria. Para isso? Conte com a gente, contate um de nossos consultores hoje mesmo.

 

« Voltar
Fale com um corretor